Maze Runner – Ordem de Extermínio de James Dashner

themazerunner4

Bom, antes de começar a falar sobre o livro em si, preciso comentar o erro que eu cometi.
Eu comprei Prova de fogo e Ordem de extermínio juntos, achando que eles eram sequência um do outro. Porém, quase finalizando Ordem de Extermínio eu descobri que ele não era de maneira nenhuma a sequência de Prova de Fogo, e sim um livro a parte contando como a epidemia do Fulgor ocorreu pela primeira vez. Hahaha
E preciso contar sobre a minha decepção né! Eu estava enlouquecida querendo saber o que havia acontecido com Thomas e topo com a história de Mark. Hahaha

Enfim… o livro começa com um prólogo de Teresa, narrando logo que ela se despede de Thomas, antes dele ser colocado no “elevador” que dá acesso à Clareira. É bem interessante, pois ficamos sabendo de alguns truques usado pela CRUEL.
Após isso, temos um “13 anos antes”, e é aí que se inicia a história de Mark, Alec e todos os outros companheiros que sobreviveram a explosão e radiação solar inicial e que após um ano dos acontecimentos e horrores enfrentados por eles, são surpreendidos por um novo e terrível acontecimento: o aparecimento do FULGOR.
É muito interessante, pois acabamos conhecendo como o vírus se desenvolveu, porque ele se desenvolveu e quem fez ele se desenvolver. Algumas perdas aqui e ali ocorrem no grupo principal, quando uma nova personagem entra na história: Didi (não sei se esse é o nome original, mas achei péssimo! Tantos nomes para escolher e o autor acabou nesse…), uma garotinha de 4 anos que milagrosamente não foi afetada pela doença.

Eles passam por muitas dificuldades, e assim como nos outros livros da série, é lotado de ação. Sério, não tem como alguém reclamar disso. Os personagens não conseguem ter um minuto de paz. Se tu realmente se envolve na história, teu coração palpita junto com os acontecimentos.
Assim como nos outros livros, que eram narrados por Thomas, esse é totalmente narrado por Mark –  um cara de mértila no início, mas que prova ser uma pessoa guerreira com o passar das páginas.
No mesmo estilo dos outros, Dashner tem uma escrita bem característica, marcada por frases e pensamentos típicos dele.

Depois que meu choque inicial (de achar que eu estava lendo a sequência) passou, eu realmente fiquei envolvida nos acontecimentos daquele mundo de Maze Runner 13 anos antes. Uma leitura muito agradável, e que quando me dei por conta, faltavam poucas páginas para o final.
Preciso compartilhar aqui que achei que Didi fosse a Teresa alguns anos mais nova, devido ao prólogo do livro (que depois de tudo fazer sentido na história, aquele prólogo acabou ficando sem sentido, ao meu ver), quando na verdade ela se torna alguém muito mais interessante…
E é por isso que o final é tão surpreendente. Ele bagunçou minhas certezas e me deixou com o coração palpitando por conta do final triste, de certa forma.

Um livro muito bom, que deve fazer muito mais sentido, quando se lê a sequência correta da série Maze runner hahahahaha mas que de forma nenhuma desaponta. Recomendo muito a leitura daqueles que gostaram das aventuras de Thomas e desse mundo caótico criado por James.

P.S. Estou lendo A cura mortal e assim que descobrir o que acontece com Thomas, venho aqui no blog contar para vocês! 😉

Até lá!

Sinopse

“Antes de o cruel existir, antes que houvesse o Labirinto e muito antes que Thomas ingressasse na Clareira, as chamas solares assolaram a Terra e destruíram o mundo que a humanidade considerava salvo… Mark e Trina estavam lá quando tudo aconteceu, e sobreviveram. Mas sobreviver às chamas foi fácil se comparado ao que viria depois. Agora, um vírus que toma conta da mente com violência e dor se espalha por todo lugar e existe algo muito suspeito sobre sua origem. Pior ainda; ele está em mutação e as evidências sugerem que a humanidade se ajoelhará diante do caos, prevendo uma morte inevitável e assustadora. Mark e Trina estão convencidos de que existe uma maneira de salvar os poucos que restaram. E estão certos de que podem encontrá-los. Porque neste novo e devastado mundo, cada vida tem um preço. A sua também. E para alguns, você vale muito mais morto do que vivo. Ordem de Extermínio é a origem da trilogia Maze Runner, best-seller do New York Times, sucesso internacional em vários idiomas. Aqui encontraremos a história da destruição do mundo e da civilização, e de como o Fulgor fez com que alguns planejassem soluções drásticas e cruéis para a sobrevivência dos seres humanos… e do planeta à beira do caos e da extinção.”

Autor: James Dashner
Editora: V&R
Número de páginas: 379
Ano: 2013

Anúncios

Publicado em 25 de outubro de 2014, em Livros Internacionais, Resenhas e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Leia o capítulo extra e descobrira que a Didi é a Teresa mesmo

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: