Maze Runner – A cura Mortal de James Dashner

acura2

Finalmente voltei! Minha faculdade chegou ao final do 8° semestre, o último semestre de provas! Inacreditável haha Agora é só mais um aninho de estágios e no final do ano  (2015) eu me formo! Óbvio que tenho que passar pelo TCC ainda, mas né. Vamos por partes!

Terminado o momento desabafo, vou falar desse livro que mal conheço, mas já considero PakAs. A cura Mortal é o último livro da trilogia de Maze Runner. Vocês podem ler as outras resenhas, aqui, aqui e aqui. Lembrando da confusão que fiz com a sequência dos livros, e que acabei lendo um “spin-off” da série antes de ler o último.

Bom, a Cura Mortal  continua no mesmo ritmo dos outros livros escriue diz respeito as cenas de ação que não tiram férias. O ritmo é acelerado, muitas brigas acontecem o tempo todo, porém, fiquei desapontada com o final que a série levou. Sério. Acho que estava indo num ritmo tão gostoso de acompanhar, que não gostei do final. Talvez Dashner criou tantos empecilhos para a achar a cura, que o final precisou de umtos por Dashner, no qa solução que abordasse todos os furos e mistérios que até então não tinham sido resolvidos. Foi um final “méeh”. E o motivo pelo qual eu disse que considero PaKaS, é devido ao autor ter mantido o mesmo ritmo dos demais, e que isso pelo menos ficou como uma grande marca da escrita de Dashner (me levando a querer ler futuros livros dele), além de que fechou uma série boa de acompanhar. Além de não ter gostado do final, um outro motivo de ter ficado desapontada, é que a impressão que eu fiquei foi de que a CRUEL era algo pequeno, e que havia algo maior por trás da organização. Como se eles se mostrassem aos Clareanos como sendo os chefões do lugar, quando na verdade não eram. ACHEI que era isso, mas me enganei. Não vou dar maiores spoilers, mas achei que ficou muito enrolado na CRUEL como sendo o vilão da história, criou um baita mistério em torno de um personagem que é citado algumas vezes durante a história, e esse personagem só se apresenta de fato no final do livro, quando faltam poucas páginas pra tudo acabar. Ficou mal explorado, ao meu ver.

E, listando um último motivo pelo qual eu não gostei muito, foi a morte de uma personagem. Acho que ela foi desmoralizada nos outros livros (acredito que escrevi isso em outras resenhas) e no final a maneira mais simples de acabar com a história dela, foi matando-a. Não gostei! Apaga e escreve de novo, Dashner! Essa resenha foi rápida, porque infelizmente fiquei decepcionada com o rumo que a trilogia chegou. Esperava um pouquinho mais. No geral, ótima trilogia, com bons personagens, bom enredo e muita, muitaaaa ação. Quero saber a opinião de vocês sobre esse livro! Comentem! Até a próxima!

Sinopse

“Por trás de uma possibilidade de cura para o Fulgor, Thomas irá descobrir um plano maior, elaborado pelo Cruel, que poderá trazer consequências desastrosas para a humanidade. Ele decide, então, entregar-se ao Experimento final. A organização garante que não há mais nada para esconder. Mas será possível acreditar no Cruel? Talvez a verdade seja ainda mais terrível, uma solução mortal, sem retorno.”

Nome: Maze Runner – A Cura Mortal
Autor: James Dashner
Número de páginas: 364
Editora: V&G
Ano: 2012

Anúncios

Publicado em 30 de novembro de 2014, em Livros Internacionais, Resenhas e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: