O chamado do Cuco – Robert Galbraith

O-Chamado-do-Cuco-Robert-Galbraith-Rocco

Resolvi dar mais uma chance para os livros da J.K. Rowling (que não fossem Harry Potter, que fique claro).
Eu tentei ler há algum tempo atrás “Morte Súbita” e pela milésima vez, não consegui. Minha amiga disse que se eu conseguisse passar da metade do livro, eu devoraria ele. Pois então, não consegui. E abandonei a leitura.
Mas, por algum motivo, eu acreditava que “O chamado do Cuco” seria diferente. E ainda bem que não me decepcionei.

Simplesmente adoro romance policial. Quando era pequena queria muito ser detetive. Adorava o fato de sair por aí investigando as pessoas. Pessoas são intrigantes por natureza e isso me fascinava.

A história começa com o suposto suicídio de uma famosa modelo. Alguns meses depois, o detetive Cormoran Strike é contratado para investigar a morte misteriosa. Mesmo com a polícia tendo concluído como suicídio, o irmão da modelo não acredita nessa história, apostando em assassinato.

A partir disso, somos inseridos na vida do detetive particular que não é lá essas coisas em termos de paz. Filho de um artista famoso, Cormoran precisa enfrentar diversos problemas, incluindo a decadência do seu serviço como detetive, a separação da atual mulher e não ter um lugar para morar.

Após um certo tempo, nós somos apresentados a vida de Robin, uma mulher que acaba de ficar noiva e que aceita um trabalho temporário de secretária no escritório de Cormoran. Ela se envolve nos casos do detetive e faz seu trabalho muito bem, tão bem que ela vira uma personagem constante com o passar da história.

A narrativa é intercalada entre os pensamentos do detetive, os de Robin e algumas vezes, os do noivo de Robin, que não gosta muito de Cormoran. Portanto, temos uma perspectiva bem abrangente de todos os fatos.
As páginas vão se seguindo, e os mistérios envolvendo o suicídio da modelo vão se resolvendo, no melhor estilo Rowling (detalhes que as vezes passam despercebidos, são a chave para a conclusão da história). Eu como fã de Harry Potter percebi diversos mecanismos que são a marca da escritora, e por diversas vezes me perguntei que se caso eu não soubesse que Robert Galbraith é na verdade J. K. Rowling, não teria achado extremamente parecido o estilo de escrita enquanto estivesse lendo o livro.


Enfim, a história é envolvente sim, mesmo demorando um pouco para “pegar no tranco”. O livro fica mais emocionante e com mais ritmo, da metade para o final, e é praticamente impossível largar depois disso.
Ainda acho que Rowling tem um longo caminho à percorrer para se tornar um ícone do gênero policial, mas definitivamente, ela está no caminho certo.


O chamado do Cuco” é um bom livro para se ler nas férias ou no caminho para o trabalho. Deixa um gostinho de quero mais no final, nos deixando curiosos para ler a continuação da obra.
Deu certo para mim, estou lendo “O Bicho da Seda” e assim que terminar ele, venho aqui contar a minha impressão sobre a história.

Até lá!


Ficha técnica

Nome: O chamado do Cuco
Autor: Robert Galbraith
Número de páginas: 448
Editora: Rocco
Ano: 2013

Sinopse

“Quando uma modelo problemática cai para a morte de uma varanda coberta de neve, presume-se que ela tenha cometido suicídio. No entanto, seu irmão tem suas dúvidas e decide chamar o detetive particular Cormoran Strike para investigar o caso.

Strike é um veterano de guerra, ferido física e psicologicamente, e sua vida está em desordem. O caso lhe garante uma sobrevida financeira, mas tem um custo pessoal: quanto mais ele mergulha no mundo complexo da jovem modelo, mais sombrias ficam as coisas e mais perto do perigo ele chega.

Um emocionante mistério mergulhado na atmosfera de Londres, das abafadas ruas de Mayfair e bares clandestinos do East End para a agitação do Soho. O chamado do Cuco é um livro maravilhoso. Apresentando Cormoran Strike, este é um romance policial clássico na tradição de P.D. James e Ruth Rendell, e marca o início de uma série única de mistérios.”

Anúncios

Publicado em 1 de fevereiro de 2016, em Livros Internacionais, Resenhas e marcado como , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: