Arquivos do Blog

O chamado do Cuco – Robert Galbraith

O-Chamado-do-Cuco-Robert-Galbraith-Rocco

Resolvi dar mais uma chance para os livros da J.K. Rowling (que não fossem Harry Potter, que fique claro).
Eu tentei ler há algum tempo atrás “Morte Súbita” e pela milésima vez, não consegui. Minha amiga disse que se eu conseguisse passar da metade do livro, eu devoraria ele. Pois então, não consegui. E abandonei a leitura.
Mas, por algum motivo, eu acreditava que “O chamado do Cuco” seria diferente. E ainda bem que não me decepcionei.

Simplesmente adoro romance policial. Quando era pequena queria muito ser detetive. Adorava o fato de sair por aí investigando as pessoas. Pessoas são intrigantes por natureza e isso me fascinava.

A história começa com o suposto suicídio de uma famosa modelo. Alguns meses depois, o detetive Cormoran Strike é contratado para investigar a morte misteriosa. Mesmo com a polícia tendo concluído como suicídio, o irmão da modelo não acredita nessa história, apostando em assassinato.

A partir disso, somos inseridos na vida do detetive particular que não é lá essas coisas em termos de paz. Filho de um artista famoso, Cormoran precisa enfrentar diversos problemas, incluindo a decadência do seu serviço como detetive, a separação da atual mulher e não ter um lugar para morar.

Após um certo tempo, nós somos apresentados a vida de Robin, uma mulher que acaba de ficar noiva e que aceita um trabalho temporário de secretária no escritório de Cormoran. Ela se envolve nos casos do detetive e faz seu trabalho muito bem, tão bem que ela vira uma personagem constante com o passar da história.

A narrativa é intercalada entre os pensamentos do detetive, os de Robin e algumas vezes, os do noivo de Robin, que não gosta muito de Cormoran. Portanto, temos uma perspectiva bem abrangente de todos os fatos.
As páginas vão se seguindo, e os mistérios envolvendo o suicídio da modelo vão se resolvendo, no melhor estilo Rowling (detalhes que as vezes passam despercebidos, são a chave para a conclusão da história). Eu como fã de Harry Potter percebi diversos mecanismos que são a marca da escritora, e por diversas vezes me perguntei que se caso eu não soubesse que Robert Galbraith é na verdade J. K. Rowling, não teria achado extremamente parecido o estilo de escrita enquanto estivesse lendo o livro.


Enfim, a história é envolvente sim, mesmo demorando um pouco para “pegar no tranco”. O livro fica mais emocionante e com mais ritmo, da metade para o final, e é praticamente impossível largar depois disso.
Ainda acho que Rowling tem um longo caminho à percorrer para se tornar um ícone do gênero policial, mas definitivamente, ela está no caminho certo.


O chamado do Cuco” é um bom livro para se ler nas férias ou no caminho para o trabalho. Deixa um gostinho de quero mais no final, nos deixando curiosos para ler a continuação da obra.
Deu certo para mim, estou lendo “O Bicho da Seda” e assim que terminar ele, venho aqui contar a minha impressão sobre a história.

Até lá!


Ficha técnica

Nome: O chamado do Cuco
Autor: Robert Galbraith
Número de páginas: 448
Editora: Rocco
Ano: 2013

Sinopse

“Quando uma modelo problemática cai para a morte de uma varanda coberta de neve, presume-se que ela tenha cometido suicídio. No entanto, seu irmão tem suas dúvidas e decide chamar o detetive particular Cormoran Strike para investigar o caso.

Strike é um veterano de guerra, ferido física e psicologicamente, e sua vida está em desordem. O caso lhe garante uma sobrevida financeira, mas tem um custo pessoal: quanto mais ele mergulha no mundo complexo da jovem modelo, mais sombrias ficam as coisas e mais perto do perigo ele chega.

Um emocionante mistério mergulhado na atmosfera de Londres, das abafadas ruas de Mayfair e bares clandestinos do East End para a agitação do Soho. O chamado do Cuco é um livro maravilhoso. Apresentando Cormoran Strike, este é um romance policial clássico na tradição de P.D. James e Ruth Rendell, e marca o início de uma série única de mistérios.”

Série iniciada pelo “O Chamado do Cuco” terá mais livros que Harry Potter

J.K. Rowling divulgou recentemente que pretende escrever mais 7 livros, além dos que já foram publicados até agora. No total serão 9 livros e portanto, passará de Harry Potter que tem 7.

Rowling comentou:  “Eu amo escrever esses livros. E uma das coisas que eu mais gosto nesse gênero é que, ao contrário de Harry, onde há uma história abrangente, aqui você está falando de histórias separadas. Então enquanto seu detetive viver, você pode dar a ele os casos”.

1956933_689610607756453_1298634698_o

Ela ainda comenta na entrevista que está na metade do terceiro livro e que ele será focado em soldados que deixam a vida militar e voltam para suas casas. 

Os livros já lançados foram “O chamado do Cuco” e “The Silkworm” (lançado na Inglaterra). A previsão de estreia para o Brasil é em novembro pela Editora Rocco, e ele se chamará “O bicho da Seda”. 

Ainda não li nenhum dos livros, mas fiquei curiosa com a história e todo o ‘murmurinho’ em torno deles. Quem sabe até animo e tento ler  “Morte Súbita” de novo. 

 

7 livros que você não pode morrer sem ler (acredite!)

Dizem que 7 é um número mágico, não? Pois foi pensando nisso, que eu criei essa lista com os 7 livros que vocês PRECISAM ler. Parece que quem ler a matéria e não ler os livros, vai ter 7 anos de azar! Já combinei tudo com umas conhecidas haha

Sem mais enrolações, vamos a eles:

1 – A série Harry Potter de J.K. Rowling.

harry-potter-colecao
SIIIIIM, Harry Potter. É óbvio que se foi falado em magia, ele precisa obrigatoriamente aparecer na lista. Não porque eu sou fã (desde que me conheço por gente), mas porquê HP traz todo o amadurecimento pela qual todos nós passamos na vida. Claro, tem todo o universo bruxo, mas por trás disso, tem o Harry medroso, a Hermione insegura e o Ronald ciumento. Se vocês acompanharem os livros desde o começo, e compararem o primeiro (A Pedra Filosofal) com o último (As Relíquias da Morte), vão perceber que o trio principal se destaca não só pela história bruxa, mas pelo grande amadurecimento pessoal que eles tiveram. É uma ótima leitura para se indicar para aquele primo que ainda está na pré-adolescência e tem muitos receios sobre o seu futuro. Além de tudo, é uma ótima forma de se incentivar a leitura, porque os livros são viciantes.
Eles foram publicados pela Editora Rocco aqui no Brasil e podem ser encontrados em qualquer livraria.

2 – A Culpa é das Estrelas de John Green.

a culpa é das estrelas
Não é por essa história ser a “queridinha” do momento, mas sim pelo valor emocional que o livro tem. A primeira vez que tive contato com esse livro foi à dois anos atrás, quando dei de presente de aniversário para minha mãe. Achei interessante o tema e resolvi comprar. Quando vi minha mãe chorando horrores lendo ele, eu só pensava “náah, não pode ser tão triste assim”. E lá estava eu, alguns meses depois, chorando mais do que ela. Eu acredito que terminei o livro todo em uma tarde. E nunca chorei tanto na vida lendo uma história. Claro que o tema é pesado: câncer terminal. Mas sempre se coloca uma esperança no final de que tudo vai ficar bem. Mas acima de tudo, essa é uma história de um amor puro, vivido da forma mais linda e simples que se possa imaginar.
Mas cuidado! Quando terminar o livro, provavelmente um pedaço do seu coração vai ficar guardado lá. haha

Ele foi publicado pela Editora Intrínseca e pode ser encontrado em qualquer livraria (MESMO).

3 – A menina que roubava livros de Markus Zusak.

308444_18
É um livro simples, mas de uma grandeza histórica enorme. O livro se passa na segunda guerra mundial, portanto a história é um pouquinho pesada e claro que não tem o final mais feliz. Mas o que faz esse livro ser realmente especial, é o fato dele ser narrado por ninguém menos e ninguém mais do que a Morte. Sim! Ela mesma! E esse fato dá a história uma perspectiva totalmente diferente. Aqui, a personagem principal é uma criança chamada Liesel, e nós somos apresentados a difícil história dela e como ela passou por cima de diversos problemas para sobreviver. A narrativa da morte da um certo medo em algumas passagens, mas é genial.
Ele foi publicado pela Editora Intrínseca e pode ser encontrado nas principais livrarias brasileiras.

4 – Garota Exemplar de Gillian Flynn.

112816856SZ
Comprei esse livro sem dar muito por ele, a capa mais me chamou a atenção do que qualquer outra coisa. E bem, não me arrependi. Sabe aquele romance policial que tu não consegues largar de jeito nenhum? É exatamente isso que ocorre aqui. O livro conta a história de Amy e de Nick, que são casados. No 5° aniversário de casamento, Amy desaparece e todas as pistas apontam para Nick como culpado. O caso vira destaque nacional e a mídia não demora para amolar a vida do personagem. E trabalhando em cima das pistas deixadas, somos levados a um final que, ACREDITEM EM MIM, ninguém podia prever. De todas as coisas que eu imaginei durante a história, nenhuma delas apontava para o final. É surpreendente, doentio de certa forma, mas é maravilhoso!
Leia a minha resenha sobre o livro, aqui.
Também foi publicado pela Editora Intrínseca e pode ser encontrado nas principais livrarias brasileiras.

5 –  O Fim da Eternidade de Isaac Asimov.

O Fim da Eternidade
Quem?! haha Sabe o filme que o Will Smith fez uns anos atrás, chamado “Eu, robô”? Então, a história que o filme se baseia é autoria do Asimov.
Eu conheci o autor através do meu namorado que é fã dele. Não me interessei muito porque o assunto abordado na maioria dos livros é sobre ficção científica e não sou muito adepta do gênero. Mas esse livro me pegou! Claro, me interessei mais porque ele tem romance, que é o grande xis da questão. Mas o enredo inteiro é muito bem desenvolvido e te pega de maneira que tu não consegues largar até acabar. O personagem principal é o Andrew que trabalha numa organização que monitora e controla o tempo, e o local de trabalho dele é no espaço. O cargo dele é basicamente mudar cursos na história da humanidade. Tudo vai muito bem, obrigado, quando ele conhece Noÿs, uma mulher que muda toda a história (literalmente) e faz Andrew descobrir o significado do amor. É muito interessante, de verdade. E o ambiente criado por Asimov é impecável, como sempre.

Leia a minha resenha sobre o livro, aqui.
Ele foi publicado pela Editora Aleph e pode ser encontrado (com muito esforço) nas principais livrarias brasileiras, como a Livraria Cultura, por exemplo.

6 – Os homens que não amavam as mulheres de Stieg Larsson.

livros_homensmulheres_250_rep

O gênero é policial, daqueles cheios de mistérios e mais mistérios e mais mistérios. Eles são quase inacabáveis haha A narrativa do livro é maravilhosa, talvez um pouco estranha pelos nomes dos personagens e dos locais, mas depois que tu se acostuma com eles, é tranquilo. O livro é pesado, os temas vão desde traição e  inveja familiar à violência sexual contra a mulher. E claro, envolve algumas passagens da Bíblia. Dá um certo medo de ler, ainda mais se como eu, vocês lerem de madrugada. Mas uma vez que se começa com ele, é quase impossível parar. Ele tem mais 2 outros livros, que eu ainda não li, mas que pretendo. A história é em torno de Mikael, jornalista que está indo a beira de um colapso na vida profissional e Lisbeth, que trabalha como detetive numa empresa e tem uma mente única (assim como seu jeito, diga-se de passagem). Os dois são contratados por um Henrik, patriarca de uma família poderosa, para resolver um crime familiar que ocorreu anos atrás. É de roer as unhas o final!
Ele foi publicado pela Companhia de Letras e pode ser encontrado nas livrarias por todo o país.

7 – As crônicas de Gelo e Fogo de George R. R. Martin.

111399270SZ

Eu não poderia deixar de fora a série que me fez devorar um livro de 800 páginas em 4 dias. Adoro histórias com um ‘Q’ medieval, com espadas, armaduras, cavaleiros e DRAGÕES. Não é novidade para ninguém o tema dos livros, eu acredito. Depois que virou série da HBO, Guerra dos Tronos como é mais conhecida, virou sucesso absoluto aqui no Brasil. Eu vi a primeira temporada da série, e quando o último episódio terminou, eu fiquei tão enlouquecida que corri para comprar os livros, pois precisava saber o que aconteceria depois. Para quem nunca leu as obras de Martin, prepara-se para um ambiente TOTALMENTE detalhista. Sim, ele descreve até o que os personagens estão comendo em suas ceias. E isso dá aos livros uma riqueza enorme. Claro que as vezes é cansativo ler certos detalhes. Mas vale a pena. Os capítulos são separados por personagens, sendo cada capítulo uma visão diferente de certo aspecto que ocorreu na história, assim como sendo de um local diferente de Westeros (pense em Westeros como um continente). A escrita do autor é detalhista, como disse ali em cima, mas também é cheia de mistérios e não é um mistério daqueles que tu consegue perceber só passando os olhos. É preciso estar atento aos sinais, pois eles não ficam na cara. As vezes quando frequento alguns fórum da série, leio a perspectiva de outros leitores e descubro coisas novas. Portanto, se você leu a série muito rápido, leia de novo. Provavelmente algo passou despercebido.
Ele foi publicado pela Editora Leya e pode ser encontrado em qualquer livraria.

 

E aí, o que acharam da lista? Alguém tem alguma outra sugestão?

 

J.K. Rowling volta a escrever sobre Harry Potter!

É isso mesmo que vocês leram no título! F-E-L-I-C-I-D-A-D-E define!

Rowling divulgou nessa madrugada no Pottermore, um conto de Harry Potter! Nele, somos apresentados ao trio mais velho, com 34 anos, sendo descritos por uma matéria de Rita Skeeter para o Profeta Diário, tendo como cenário a final da Copa Mundial de Quadribol.

Dá para ler o conto original em inglês, aqui.

Mas, se vocês preferirem, a linda equipe do Potterish, traduziu ele todinho! Confira abaixo:

epilogo_hp7

Leia o resto deste post

J.K. Rowling divando no twitter!

Rowling que não usa muito seu twitter, resolveu responder algumas respostas de fãs ultimamente, sobre curiosidades do mundo de Harry Potter. As respostas dela são sempre muito engraçadas! haha

Um dos últimos replies que ela deu, me fizeram rir por uma semana! haha Confira abaixo:

harry rowling

 

Michael: MUITO IMPORTANTE: Seria Voldemort virgem? (Se @jk_rowling quiser responder, eu não vou me importar!)

J.K. Rowling: Um bruxo desumanizado assassino que mata em busca de sua própria imortalidade, perderá o direito a TODA sua privacidade, Michael?

 

hahahahahah Rainha divando como sempre nas suas respostas! hahahaha

Em breve, posto mais dos replies lindos da Rowling. 😉

logo fundo transparente1

Continuação do livro “O chamado do Cuco” de Rowling será lançado em junho

Depois da loucura que foi a descoberta de que Robert Galbraith nada mais era do que um pseudônimo para J.K. Rowling (autora dos livros de Harry Potter), “O chamado do Cuco” teve uma incrível quantidade de vendas. Ainda não tive a chance de ler, mas espero sinceramente que não tenha seguido os passos de “Morte Súbita”. Eu definitivamente NÃO consegui passar da metade do livro e quase morri de tédio. Quem sabe quando não tiver mais nada para ler, eu tente de novo.
Mas enfim, a notícia dada pelo jornal inglês The Guardian é de que a sequência do livro, chamada “The Silkworm”, seja lançada em 24 de junho na Inglaterra. O enredo do livro trará um novo desafio para o detetive Cormoran Strike que juntamente com a sua assistente Robin Ellacott, tentará solucionar o brutal assassinato de um escritor.

1956933_689610607756453_1298634698_o

Para mais informações, clique aqui.

Fonte: The Guardian

“Naturalmente e…

“Naturalmente está acontecendo dentro da sua cabeça, mas por que é que isto deveria significar que não é verdadeiro?”
Alvo Dumbledore