Arquivos do Blog

Como eu era antes de você – Jojo Moyes

Como-eu-era-antes-de-voce_Destaque

Não sei vocês, mas eu virei uma Jojo lover! Já havia lido um outro livro da escritora (inclusive fiz resenha dele aqui no blog) e já tinha gostado muito da história e da maneira que era escrito. Mas depois de ler Como eu era antes de você, fiquei a-p-a-i-x-o-n-a-d-a!
É incrível o poder que algumas pessoas tem de colocar em poucas páginas, uma história tão cativante e que alegra o coração.

Louisa Clark é uma mulher de 26 anos, que mora com os pais, a irmã e o sobrinho pequeno. Tem um namorado há anos e mora numa cidade pequena da Inglaterra. Lou leva uma vida nada extraordinária e totalmente pacata. Tudo começa a mudar quando o seu atual emprego numa cafeteria da cidade fecha as portas e ela se vê obrigada a procurar alguma outra ocupação, uma vez que é dela que vem grande parte do sustento de sua casa. Lou vai até uma agência de emprego, tenta alguns empregos “diferentes“, mas não se encaixa em nenhum. Até que lhe é oferecido um emprego de cuidadora, de um rapaz tetraplégico chamado Will.
E é a partir desse emprego, que sua vida muda totalmente.

A personagem de Lou é uma pessoa excêntrica. Gostos peculiares, e uma pessoa nada dentro do “padrão“. Não se veste da mesma forma que outras pessoas e não parece ligar para a opinião de ninguém, além da sua.
A grande jogada desse livro, é não é ser mais uma história de amor convencional. Aquela historia de um casal que se conhece, se apaixona, faz sexo, brigam por algumas diferenças, mas acabam se acertando no final, não acontece aqui
Os personagens se apaixonam sim, mas de uma forma totalmente “não sexual“. É aquele tipo de amor que dificilmente vemos hoje em dia. É complicado aceitar o conceito de que uma pessoa “normal” se apaixone por alguém que perdeu totalmente a vontade de viver. Will sofreu um acidente e por essa razão, tornou-se tetraplégico. Nós, leitores, entramos de cabeça com Lou para tentar animar o rapaz a ver mais graça na vida que ainda possui.

A história é linda. Ela fala, sobretudo, no amor. Como eu disse antes, amor na sua forma mais pura. Prepare-se para chorar no final, dar boas risadas durante o livro, se apegar aos dois personagens principais e querer saber mais sobre o universo de pessoas que utilizam cadeira de rodas ou que por alguma circunstância da vida, tiveram que se adaptar a novas maneiras de viver.

Jojo definitivamente sabe como prender o leitor e fazê-lo se perder nas páginas dos seus livros. Uma história que vale a pena ser lida. Várias e várias vezes.

Leia e apaixone-se também 😉

Ficha técnica

Nome: Como eu era antes de você
Autora: Jojo Moyes
Ano: 2013
Editora: Intrínseca
Número de páginas:
320

Sinopse

“Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.”

The Perks of being a Wallflower -Stephen Chbosky

maxresdefault

Antecipo que esse foi um dos livros que eu achei mais profundos de todos que já li, e que me deixaram uma mensagem muito grande: ame acima de tudo, e viva todos os momentos como se eles fossem únicos.
Eu já havia ouvido falar desse livro. Afinal, quando um livro se torna filme, ele acaba virando bem mais popular. Eu assisti ao filme alguns anos atrás e me emocionei muito com ele.
Mas foi em 2016, após ler alguns trechos na internet, que eu decidi por fim ler o livro. Mesmo tendo visto o filme e sabendo da história, os detalhes eu já não lembrava mais.

Comprei o livro em inglês, no formato de ebook para ler no Kindle. Inglês porque eu queria treinar mais a língua e ebook porque é simplesmente mais fácil de levar aos lugares e eu não tenho mais espaço físico em casa para colocar meus livros.
O livro é curtinho, são apenas 224 páginas. Mas é intenso. Muito intenso.
O formato em que ele é escrito é um pouco confuso no início, mas logo nos acostumamos com Charlie, o personagem principal, escrevendo cartas para alguém e simplesmente contando detalhes dos seus dias, das suas rotinas. Mas principalmente, dividindo seus pensamentos e opiniões, que são um tanto quanto peculiares.
Charlie é um garoto de 15 anos que possui alguns problemas. Problemas estes que só entendemos de fato no final do livro.
Essa história não traz nada de excepcional. Não me entendam mal. Quero dizer que a história é baseada em fatos que acontecem todos os dias nas vidas das pessoas. E é exatamente isso que faz o livro ser tão incrível. Alguns detalhes do nosso cotidiano já se tornaram tão normais que simplesmente não paramos para pensar sobre eles e acabamos não dando o valor necessário.
Charlie acabou me fazendo enxergar coisas que eu não tinha parado para pensar ainda. Como o valor de um abraço de alguém próximo. Ou alguém te dizer o quanto tu é especial. São coisas simples e que não acontecem com frequência (infelizmente).

Charlie é um adolescente sozinho, e que logo começa uma amizade com Sam e Patrick. Eles logo viram amigos inseparáveis e inserem Charlie numa vida bem diferente da qual ele estava acostumado. Charlie começa a dar valor a amizade e descobre seu primeiro amor. Dá seu primeiro beijo, e descobre todos os dramas pelos quais adolescentes passam.
Eu realmente não quero falar muito sobre a história, porque é exatamente ela que é o ouro do livro. E com ele sendo tão curtinho, acredito que falar muito dele irá trazer spoilers e tirar a magia dessa leitura.
A pureza dos personagens e a pureza dos sentimentos te faz sem dúvidas, se sentir infinito.

E no fim, eu desejei com todas as minhas forças estar saindo daquele túnel em direção as luzes da cidade com o mesmo sentimento de Charlie: de liberdade, de pertencer a algum lugar no mundo.

Com amor,

Naty.

 

Ficha técnica

Nome: The Perks of being a Wallflower
Autor: Stephen Chbosky
Número de páginas: 224
Editora: MTV Books
Ano: 2012

Sinopse

Cartas mais íntimas que um diário, estranhamente únicas, hilárias e devastadoras – são apenas através delas que Charlie compartilha todo o seu mundinho com o leitor. Enveredando pelo universo dos primeiros encontros, dramas familiares, novos amigos, sexo, drogas e daquela música perfeita que nos faz sentir infinito, o roteirista Stephen Chbosky lança luz sobre o amadurecimento no ambiente da escola, um local por vezes opressor e sinônimo de ameaça. Uma leitura que deixa visível os problemas e crises próprios da juventude.”

Trecho do livro Outlander – A Viajante do tempo de Diana Gabaldon e booktrailer

Para quem ficou curioso com a história, pode acessar em pdf um pedacinho do livro, aqui.

Veja também o book trailer e o trailer da série adaptada para televisão.

Apresento a vocês: Armandinho!

10254016_760914973953811_6124719213609987656_n

Eu sempre gostei de ler tirinhas com crianças, estilo “A turma da Mônica”. Cresci lendo muitos gibis, e aprendi a gostar deles mesmo depois de velha. Mas o Armandinho é totalmente diferente! Que coisa mais amor, gente!

O criador dele se chama Alexandre Beck. E infelizmente eu não conheço a história de como surgiu o projeto para contar à vocês. Mas o que eu posso garantir é: desde que eu conheci as tirinhas do Armandinho, me apaixonei. Vários amigos meus acabaram aderindo a essas tirinhas também, que tratam de assuntos atuais e problemas brasileiros, como animais ameaçados de extinção.

10291846_766144596764182_8049160956642741233_n
Mas o mais gostoso é que Armandinho é uma criança, portanto, todos esses problemas são retratados da forma mais inocente possível, visão que só uma criança tem do mundo. E é isso que faz com que as tirinhas sejam um sucesso.

Recentemente foi lançado o livro Armandinho 3, que traz as mais recentes tirinhas do autor. Eu acabei deixando a oportunidade passar esse mês, mas prometo (a mim mesma haha) que no próximo mês eu compro! E vocês deveriam também, pois é ótimo! Armandinho com certeza, vai arrancar várias gargalhadas de vocês! Assim que tiver o meu exemplar em mãos, faço uma resenha dele mostrando como é por dentro 😉

capas2e3

 

Segue abaixo o perfil do facebook do Alexandre, o blog dele e o site para compras:

Leia os dois primeiros capítulos de “The Silkworm”, sequência de “O chamado do Cuco”

Vocês lembram que alguns meses atrás, eu publiquei aqui no blog que haveria a sequência de “O chamado do Cuco” de J.K. Rowling? Pois então, ele foi lançado no Reino Unido dia 24 de junho (ontem) e hoje,  saíram dois capítulos traduzidos pela Editora Rocco, que trará o livro para o português em novembro!

Leia os dois capítulos aqui.

Sinopse:

” Quando do desaparecimento do romancista Owen Quine, sua esposa procura o detetive particular Cormoran Strike. Inicialmente, ela pensa apenas que o marido se afastou por alguns dias — como fez antes — e quer que Strike o encontre e o leve para casa.

Mas, à medida que investiga, fica claro para Strike que há mais no sumiço de Quine do que percebe a esposa. O romancista acabara de concluir um livro retratando maldosamente quase todos que conhece. Se o romance fosse publicado, a vida deles estaria arruinada — assim, muita gente pode querer silenciá-lo.

E quando Quine é encontrado brutalmente assassinado em circunstâncias estranhas, torna-se uma corrida contra o tempo entender a motivação de um assassino impiedoso, um assassino diferente de qualquer outro que Strike tenha encontrado na vida…”

 

Fonte: Editora Rocco

 

logo fundo transparente1

Contos de Lissa Price disponíveis para download

Olá!

Minhas férias passaram voando, e nem acredito que já é quase ‘university time’ de novo. YEY. Mas enfim, para começar o ano de forma bem animada (pelo menos no mundo literário), o Grupo Editorial Novo Conceito está disponibilizando totalmente grátis, 4 contos ambientados no universo do livro Starters. Para quem não conhece, Starters é o primeiro livro de uma distopia no qual basicamente, alguns jovens ‘alugam’ o seu corpo para idosos que querem ser jovens de novo. Obviamente, a história não trata apenas disso. Mas sem dúvidas é um universo bem interessante e que vale a pena ser explorado. Eu ainda não li, mas ele está na minha ‘listinha’ de metas do ano. Vou colocar a sinopse no final do post, para quem se interessar em saber mais 😉

Mas enfim, o negócio é que a história acabou sendo muito rica para ser tratada em apenas dois livros, e a escritora resolveu fazer 4 contos ambientados nesse mundo, no qual podemos conhecer melhor alguns personagens e entender melhor o mundo criado por ela. E a Editora Novo Conceito, disponibilizou esses contos na Amazon, Google Play e Saraiva Digital. Quem se interessar é só acessar o link abaixo e aproveitar a leitura!

Contos

Sinopse de Starters:

vorazes_2“Seu mundo mudou para sempre. Callie perdeu os pais quando as guerras de Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que os matariam por uma bolacha. A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbado em Berverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o Old Man. Ele aluga adolescentes para alugar seus corpos aos Terminais — idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver concorda em ser uma doadora. Mas o neuro chip que colocam em Callie está com defeito e ela acorda na vida de sua locadora, morando em uma mansão, dirigindo seus carros e saindo com o neto de um senador. Parece quase um conto de fadas, até Callie descobrir que sua locatária pretende fazer mais do que se divertir — e que os planos de Prime Destinations são tão diabólicos que Callie nunca podia ter imaginado.”

 

 

Fonte: Grupo Editorial Novo Conceito